Luta & Festa / Olhão Rebelde é divulgação, Música, Lutas Sociais, D.I.Y., Materialismo muito Dialético, odes ao Alcoól e Fraternidade.
.posts recentes

. Scirocco.

. HOJE! Comício na Cooperat...

. Solidariedade Internacion...

. Se celebró el VII Pleno d...

. MANTENHAM-SE iNFORMADOS A...

. AMANHÃ! APRESENTAÇÃO DE C...

. 88º aniversário do PCP

. Zona Reggae de HOOOOJE!

. Debate - OLHÃO: ASSIMETRI...

. O País Basco não caminha ...

.arquivos

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Julho 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

Sábado, 15 de Março de 2008
INFO REACIONÁRIA MINOU GREVE DE TRABALHADORES.
« Contra-informação ‘minou’ greve
greve.jpg
Ver Galeria

14-03-2008 13:17:00

Coordenadora do Sindicato da Função Pública lamenta que dados “falsos” lançados pelos serviços tenham reduzido o número de grevistas no Algarve, mas mostra-se animada quanto ao panorama geral.

“Penso que no geral os trabalhadores têm aderido, mas houve muita contra-informação nos serviços, que disseram que a greve tinha sido desconvocada”, lamenta Rosa Baptista, Coordenadora do Sindicato da Função Pública do Algarve, ao Observatório do Algarve.

Segundo dados do sindicato, no Hospital de Faro foram afectados cerca de 50 por cento dos serviços de auxiliar de acção médica, bem como alguns administrativos. No Hospital do Barlavento a percentagem foi inferior, cerca de 45 por cento.

Entretanto, no ensino, algumas escolas encerradas, como a de Olhão, Alvor, Aljezur e Estombar, são, até ao momento, o estandarte da greve no Algarve.

Neste momento seguem três autocarros do Algarve com dirigentes sindicais e funcionários públicos para se juntarem a uma manifestação em Lisboa, às 14h30, em frente ao Ministério das Finanças, onde o secretário-geral da CGTP fará uma intervenção.

Saúde é o sector mais afectado

A nível nacional, a greve da função pública registava ao final da manhã de hoje uma adesão na ordem dos 70 por cento, sobretudo nos sectores da saúde e da educação, de acordo com os primeiros números divulgados pela Frente Comum dos Sindicatos.

Segundo Ana Avoila, coordenadora da Federação Nacional dos Sindicatos da Função Pública, os primeiros dados recolhidos revelam que o sector da saúde é o que está a ser mais afectado, com as principais unidades hospitalares do país a funcionar com recurso a serviços mínimos, com adesão "elevada ou mesmo total" dos trabalhadores administrativos e auxiliares.

O Governo já rebateu os dados dos sindicatos, afirmando que os números da greve rondaram os 5 por cento. »


http://www.observatoriodoalgarve.com/cna/noticias_ver.asp?noticia=20790


 
música: Crise Social - Tio Alfredo
tags:
publicado por lutaefesta às 12:18
link do post | comentar | favorito
|
.pesquisar
 
.Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.tags

. todas as tags

.links
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds